Tranduza (Translate)

domingo, 27 de novembro de 2016

Protocolo do Dr. Klenner com Vitaminas para Combater a Esclerose Múltipla e Miastenia Grave



Tradução de um trecho do artigo encontrado no link ao fim deste post por Sílen em 27/11/2016.


Quase todas as pessoas com esclerose múltipla que eu conheci tinham duas coisas em comum: a falta /de esperança e falta de vitaminas. Os pacientes do dr. Klenner não tinham a falta de nenhum dos dois, com um cronograma de tratamento contendo enormes quantidades de vitaminas do complexo B para, como disse Klenner ", a reparação de nervos." Ele baseou seu protocolo, em parte, no trabalho, no final da década de 1930, da "Stern da Universidade de Columbia, (que) estava empregando o uso do cloridrato de tiamina intraespinalmente com resultados surpreendentes na esclerose múltipla. Ele relatou que levava os pacientes à sala de cirurgia em uma maca, e após 30 mg de tiamina dada intraespinalmente, eles voltavam andando para seus quartos. "(24) Embora, Klenner comentou," a resposta foi relativamente transitória ", indicou que a esclerose múltipla pode ser uma forma grave de avitaminose.

Se uma vitamina ajudou, duas pareciam mais prováveis de funcionar melhor. Klenner escreve: "Moore (25), em 1940, publicou uma monografia sobre o uso de doses elevadas por via intravenosa de ácido nicotínico para a cura de esclerose múltipla. Moore empregou uma combinação de drogas chamada 'Nicobee. "Esta preparação continha 100 mg de ácido nicotínico e 60 mg de tiamina em cada solução a 10 cc." Moore, como Klenner, foi influenciado por um trabalho anterior que demonstrou que os resultados da degeneração dos nervos era o resultado de múltiplas deficiências nutricionais. (26) Subsequentemente, Klenner empregaria o que só pode ser descrito como uma abordagem nutricional abrangente. Seu protocolo para a esclerose múltipla e para a miastenia grave a seguir, conforme descrito em seu artigo, "Resposta do Nervo Periférico e Central à Patologia às Megadoses de Vitaminas do Complexo B e Outros Metabólitos" (27):

  • Cloridrato de tiamina (B-1): "300 mg a 500 mg, 30 minutos antes das refeições, antes de dormir, e durante a noite se estiver acordado" mais " 400 mg por dia por injeção, dado intramuscularmente"
  • Niacina (B-3): "100 mg a 3 gramas, trinta minutos antes das refeições e antes de dormir e também durante a noite, se estiver acordado - qualquer que seja a dose haverá um forte flush (enrubescimento) no corpo."
  • Piridoxina (B-6): "100 mg a 200 mg é dada antes das refeições e antes de dormir. Pelo menos 100 mg por dia são administrados por via intramuscular. "
  • A cobalamina (B-12): "1000 mcg três vezes por semana através de uma injeção".
  • Ácido ascórbico (C): "Dez a vinte gramas devem ser tomados diariamente por via oral em doses divididas."
  • Riboflavina (Vitamin B-2): "40 mg a 80 mg, administrada diariamente por injeção intramuscular de 25 mg antes das refeições e de dormir"
  • Colina: "700 mg a 1400 mg após cada refeição e antes de dormir."
  • Lecitina: "1200 lecitina de soja (ou de girassol) mg após cada refeição."
  • Magnésio: "100 mg após cada refeição."
  • Gluconato de cálcio: Dois tabletes de 10 grain (0,64 g) ", após cada refeição e na hora de dormir."
  • Pantotenato de cálcio: 200 mg "depois de cada refeição e na hora de dormir."
  • Ácido Aminoacético (glicina): "Uma colher de sopa cheia de pó em um copo de leite quatro vezes por dia."
  • O gluconato de zinco: "10 mg três vezes por dia é muito importante na miastenia grave. Tome várias horas após a vitamina B-2. "

Além disso, Dr. Klenner deu vitamina E (800 a 1.600 UI / dia), extrato de fígado cru, adenosina de alta qualidade 5' ou sal disodium ácido monofosfórico, e um tablete de polivitamínico e minerais, onde tinha incluso vitamina D. Dr. Klenner prescrevia uma dieta rica em proteínas, e usava medicamentos disponíveis para aliviar o tremor e a rigidez. Ele também prescrevia o ácido linolênico, tireoide, verduras frescas, frutas frescas, uma quantidade considerável de leite (1 litro / dia) e ovos (até 6 / dia). Klenner recomendava que os pacientes limitassem seu consumo de gorduras, comessem apenas pão integral, e especificava que não comessem "junk foods, especialmente doces." (28)

Dr. Klenner também ofereceu o que ele considerava ser, um programa de compromisso abreviado. "Se um determinado médico do paciente se recusasse a administrar esse cronograma, eu tenho essa recomendação: 1 grama de cloridrato de tiamina uma hora antes das refeições e na hora de dormir, e durante a noite se estivesse acordado. A niacina tomada ao mesmo tempo e em quantidades suficientes para produzir um bom flush (rubor) no corpo. 200 mg de pantotenato de cálcio e 100 mg de piridoxina antes das refeições e de dormir. 10 gramas de ácido ascórbico, tomado em doses divididas. Aminoácido acético: uma colher de sopa cheia em um copo de leite, quatro vezes por dia. Naturalmente, a programação completa irá permitir resposta mais dramática "Ele declara:" Nós categoricamente fazemos esta declaração: Qualquer vítima de esclerose múltipla que irá drasticamente ter um flush com o uso do ácido nicotínico, e que ainda não tenha avançado para a fase da degeneração da mielina, como testemunhado por clônus do tornozelo sustentado desencadeado na forma ortodoxa, pode ser curada com o emprego adequado do cloridrato de tiamina e de outras vitaminas do complexo B em conjunto com proteínas essenciais, lipídios, carboidratos e fígado cru injetável. "(27)

OBS minha, Sílen

  • Procure um médico ortomolecular e com este protocolo em mãos, pergunte se há a possibilidade de segui-lo.
  • consuma leite se for orgânico cru de vacas A2 alimentadas com capim e tirado com higiene ou leites vegetais feitos em casa (com exceção do de soja) e pão de farinha de oleaginosas, o glúten deve ser eliminado em casos de doenças crônicas e autoimunes.
  • Saiba como preparar leites vegetais aqui (não são recomendados o de aveia com glúten e nem o de soja) e o pão citado acima aqui.
  • A dieta paleo com carnes de animais criados soltos e orgânicos (a Korin tem esta opção) e vegetais orgânicos e frescos (encontrados em feiras orgânicas) é excelente para reverter e impedir o avanço da esclerose múltipla, veja esta palestra.
  • No Brasil não encontrei a vitamina E natural com tocoferois mistos não transgênica, esta contém 400 UI e tem 250 softgéis. 
  • Lecitina de girassol em pó importada pode ser encontrada aqui. 
  • Ácido ascórbico (vitamina C não transgênica) 1 grama pode ser encontrado neste link. 

Fonte:

http://www.doctoryourself.com/klennerbio.html